João e Maria, Assim Assado

SINOPSE E CONSIDERAÇÕES SOBRE O ESPETÁCULO

A fábula de João e Maria surge reinventada pela Caiuá Companhia de Teatro, recheada de elementos lúdicos, mas, também, de reflexões e apontamentos sobre o universo da criança e seu jeito simples e mágico de lidar com os conflitos.

Na história, dois irmãos se perdem na cidade, após terem sido abandonados pelos pais. E é na lembrança da fábula de João e Maria, contada por sua mãe, quando ainda eram muito pequenos, que as crianças apoiam-se para resolver os seus conflitos, enfrentar os perigos de estarem sozinhos numa cidade onde encontram amigos, mas, também, pessoas que não estão dispostas a ajudar. É uma fábula misturada com as realidades dos dias de hoje.

Aliada a certeza de que o bem sempre prevalecerá contra o mal, a peça aborda temas como o trabalho infantil, amizade e afeto. Uma história para lembrar que criança tem o direito de ser criança e brincar e sonhar faz parte disso.

Image

SOBRE A COMPANHIA

A Caiuá Companhia de Teatro surgiu através dos integrantes do GT de Artes Cênicas, fundado em 2010 com o intuito de pensar as Artes Cênicas de Paranavaí. Foi um desses pensamentos que fez nascer o desejo de montar uma companhia de teatro profissional que dê voz aos sonhos de atores e atrizes já atuantes na cena do teatro paranavaiense.

A busca é por novas oportunidades, novos espaço e rumos. A busca é por um alçar de voos que leve essa troupe de artistas para novos palcos. Surgimos então com um imenso desejo de perpetuar nosso trabalho na história do teatro paranaense, através da montagem de espetáculos direcionados a diferentes públicos.

O grupo se pauta em desafios que leve a Companhia a investigar com seriedade e profundidade a mistura das linguagens cênicas.

Que as forças e a energia de nosso solo e de nossos indígenas, dos quais emprestamos seu nome, permitam que a Caiuá Companhia de Teatro siga sempre vislumbrando metas que atendam a demanda do público, mas, também, a demanda dos corações e almas desses atores e atrizes.

Evoé!

Ficha técnica

Texto e direção: Rosi Sanga
Cenografia e adereços:
Concepção: Jesus Soares e Ramiro Palicer
Execução: Caiuá Companhia de Teatro
Sonoplastia: Graciele Rocha e Rosi Sanga
Figurinos:
Concepção: Gislaine Pinheiro, Carla Mazzin e Bibiane Oliveira
Costureira: Rita Ribeiro
Iluminação: Adauto Soares
Artista plástico: Jesus Soares
Direção de produção e fotografia: Amauri Martineli
Elenco: Gislaine Pinheiro, Ramiro Palicer, Bibiane Oliveira, Graciele Rocha, Carla Mazzin, Jesus Soares e Rosi Sanga.

CONTATO COM AMAURI MARTINELI
(44) 3902-1128 – amaurimartineli@hotmail.com

Anúncios

Sobre Amauri Martineli

Acho que vou escrever sobre mim depois...
Esse post foi publicado em Espetáculos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para João e Maria, Assim Assado

  1. Francisco Pereira da Silva disse:

    Acho interessante essa readaptação da fábula João e Maria, trazendo para arealidade dos nossos dias. Vou conversar com a secretária e ver a possibilidade de trazer está peça para as nossas crianças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s